O protocolo TRI (Terapia de Regulação Infantil) foi desenvolvido por Renato e Marina Caminha inicialmente, para tratar crianças com quadros clínicos de ansiedade e humor. Atualmente, é o único protocolo que possui um modelo específico de regulação emocional de acordo com a tendência das terapias cognitivas. Iniciadas as investigações científicas, este protocolo tem-se enquadrado dentro dos últimos desenvolvimentos das terapias cognitivas, revelando capacidade transdiagnóstica de aplicação a outras perturbações da infância, além de eficácia comprovada no tratamento de crianças. Desde a sua criação, este protocolo tem sido implementado em vários países da América Latina, Estados Unidos e Europa e investigado em diferentes universidades no Brasil, Panamá, Espanha e Portugal. Atualmente existem mais de 1500 terapeutas treinados em vários países, habilitados no uso das ferramentas do programa.

Objectivos Gerais e Específicos

Objetivos Gerais
Dotar e treinar terapeutas na utilização das ferramentas do protocolo clínico TRI, nomeadamente aqueles que trabalham com perturbações de ansiedade e humor na infância. Explorar os atributos transdiagnósticos do protocolo no uso de patologias diversas da infância.

Objetivos Específicos
– Conhecer o modelo da regulação emocional base deste protocolo, bem como, os outros modelos teóricos que o sustentam.
– Identificar e conhecer as diferentes ferramentas/estratégias que compõe o protocolo TRI.
– Saber aplicar o protocolo clinico TRI com crianças e suas famílias.

Conteúdos Programáticos

1º Módulo (10 horas)

1.1 Teoria geral das emoções
1.1.1 O que são emoções
1.1.2 O que são sentimentos
1.1.3 As emoções como fenômenos de curta duração
1.1.4 As emoções básicas
1.1.5 As pré-emoções
1.1.6 O estado emocional
1.1.7 Razão X Emoção no cérebro da criança

1.2 O modelo TRI de Regulação Emocional
1.3 O Baralho das Emoções
1.4 O Baralho da Regulação e da Competência Emocional
1.4.1 Os quinze passos da regulação emocional no modelo TRI
1.4.2 Exercícios experiênciais do modelo TRI de regulação emocional

2º Módulo (5 horas)

2.1 O Baralho dos Pensamentos

2.1.1 A metáfora da “reciclagem” na reestruturação narrativa
2.1.2 Trabalhando com os pensamentos nas emoções agradáveis e desagradáveis

3º Módulo (5 horas)

3.1 O Baralho dos Comportamentos
3.1.1 Trabalhando as aptidões sociais
3.1.2 Trabalhando a resolução de problemas
3.1.3 Respiração e acalmando a mente

Bibliografia Básica:

Caminha, R. M., & Caminha, M. G. (2011). Baralho das emoções: acessando a criança no trabalho clínico. 4a ed. Novo Hamburgo: Sinopsys.
Caminha, R. M., & Caminha, M. G. (2012). Baralho dos Pensamentos: reciclando ideias, promovendo consciência. Novo Hamburgo: Sinopsys.
Caminha, R. M., & Caminha, M. G. (2013). Baralho dos Comportamentos: efeito bumerangue. Novo Hamuburgo: Sinopsys.
Caminha, R. M. & Caminha, M. G. (2016). Baralho da regulação e da proficiência emocional. Novo Hamburgo: Sinopsys.

Metodologia

Abordagem teórico-prática. Método expositivo. Análise e debate crítico de casos clínicos. Recurso à dramatização e a trabalhos de grupo para aplicação e treino de determinadas competências clínicas.

(Condições especiais de pagamento: Pagamento faseado em 2 prestações)

Horário

- 7 de fevereiro (6ªfeira): 15h às 21h (6h)
- 8 de fevereiro (sábado): 9h às 13h; 14h às 18h (8h)
- 9 de fevereiro (domingo): 9h às 13h; 14h às 16h (6h)

- 7 de fevereiro: 15h às 21h (6h)
- 8 de fevereiro: 9h às 13h; 14h às 18h (8h)
- 9 de fevereiro: 9h às 13h; 14h às 16h (6h)

Formadores

Renato e Marina Caminha

Psicólogos. Professores Universitários. Especialistas em Terapia cognitivo-comportamental.